em

Sabor agridoce para os portugueses no Merzouga Rally

Terminou a edição 2019 do Merzouga Rally, com os pilotos portugueses a terem boas prestações, embora os últimos dois dias tenham sido marcados por alguns problemas.

Joaquim Rodrigues Jr estava na 2ª posição, mas na quarta etapa ficou sem sistema de navegação e perdeu muito tempo para os seus adversários, baixando para 4º. Hoje tentou tudo, mas acabaria por ficar a apenas 55s do pódio, mostrando que está em boa forma e cada vez mais rápido nestas provas.

António Maio teve uma prova muito linear, com prestação exemplar ao terminar os cinco dias de prova com o 7º posto final. Maio está este ano totalmente focado nos Rally Raids, dando uma boa demonstração de evolução.

14º posto para Bruno Santos, a fazer a sua estreia nos Rally Raids internacionais. Recordamos que é o Campeão Nacional de Navegação, e embora tenha sido uma prova de aprendizagem, mostrou já bom ritmo e que pode vir a surpreender.

Bruno Martins conseguiu um lugar no top20, ao ser o 19º da geral ao fim de cinco etapas. Uma prova sem erros, onde foi progredindo na tabela classificativa.

Sebastien Buhler acabou por ser o grande azarado. Completou a 4ª etapa em 7º da geral, e hoje só tinha de levar a sua moto até final, mas uma queda forte levou ao abandono. Buhler foi transportado para o hospital, mas já teve alta e pronto para os próximos desafios.

Foi assim um resultado global positivo, marcado pelos azares de Joaquim Rodrigues Jr e Sebastien Buhler, que poderiam ter feito um grande resultado no Merzouga Rally.

Ethen Goggles

Can Marvin Stop the Webb Wagon? | Moto Spy Supercross

Resumo do 1º dia do Campeonato da Europa de Enduro em Góis