em ,

Rumores e Confirmações no AMA SX / MX

Está a terminar o Campeonato americano de Motocross, e começam as mexidas nas principais equipas.

Os grandes nomes, estão com contratos garantidos para 2019 ou até ainda mais longos. Tomac na Monster Energy Kawasaki, Musquin na Red Bull KTM, Blake Baggett e Benny Bloss na Rocky Mountain KTM, Ken Roczen na Honda HRC, Jason Anderson e Zach Osborne na Rockstar Husqvarna, e tivemos hoje a confirmação de Justin Barcia e Aaron Plessinger na Yamaha.

Com os candidatos principais já “resolvidos”, faltam agora alguns pilotos das lutas pelos lugares cimeiros, que continuam sem contrato para 2019.

Cooper Webb termina contrato com a Yamaha este ano, e com os dois lugares da equipa ocupados, parece que Webb vai ter mesmo de procurar um novo caminho. A verdade é que os rumores apontam para uma ida para a Red Bull KTM, mas ainda não houve qualquer confirmação. Musquin é o piloto oficial da equipa, que agora precisa de alguém para o segundo lugar. Webb não tem tido uma carreira fácil nas 450, mas poderá estar dentro da estratégia da KTM. Com Musquin como piloto para os títulos, Webb é ainda jovem e tem assim margem para progredir e vir a ser o próximo número 1 da equipa, tal como aconteceu com Dungey / Musquin.

Na Honda, tudo indica que Seely vai permanecer ao lado de Roczen, enquanto que na Kawasaki, Joey Savatgy, que é obrigado a subir às 450, será o provável companheiro de equipa de Eli Tomac.
Há alguns nomes que estão sem contrato, e que podem ocupar lugares nas equipas oficiais. Dean Wilson, Josh Grant, Justin Bogle ou Malcolm Stewart. Junta-se ainda Dean Ferris, que quer estar no AMA MX apenas. Chad Reed parece querer fazer mais um ano, por isso há ainda essa possibilidade para o SX.

Em termos de lugares livres, tirando o que mencionamos acima ( Honda e Kawasaki que em principio estão já destinados ), já não há muitas vagas! A Suzuki tem Justin Hill com contrato para 2019 nas 450, e não se sabe ainda quem será o seu colega.

Tendo em conta o panorama atual, ou haverá equipas oficiais a abrir mais posições, ou teremos semanas bastante difíceis para alguns pilotos, com as estruturas semioficiais a entrarem assim no jogo.

Ethen Goggles

Barcia e Plessinger formam equipa Yamaha para 2019

MXGP Bulgária – Vídeo Resumo