em

Adoro

O Super-Homem e a sua evolução

Antonio Cairoli e Jeffrey Herlings, são sem dúvida, dois nomes que vão marcar o Motocross!

Se podemos dizer que Cairoli é um autêntico Super-Homem, Jeffrey Herlings veio certamente de outro planeta!

Começamos por Cairoli. Bem, 9 títulos mundiais, 85 vitórias em MXGP´s, um número impressionante de pódios, e isto quando está quase a fazer 33 anos. Se quisermos fazer alguma comparação, só mesmo com Stefan Everts. O belga teve nada mais nada menos que 101 vitórias, e 10 títulos mundiais, mas vivíamos numa altura em que a entrega física não era tão exigente como hoje, e as carreiras eram bem mais duradouras, onde a experiência desempenhava um papel muito importante.
Hoje, tudo esta diferente, mais intenso, mais exigente, mais arriscado, mais curto, e é impressionante ver Cairoli ainda neste registo.
Olhando para a temporada de 2018, onde este “veterano” do MX está no 2º lugar, é incrível perceber que ele tem 144 pontos de vantagem para o 3º classificado, que lhe dá quase 3 corridas de avanço! E esses tais adversários, são Clement Desalle, Tim Gajser, Romain Febvre, etc etc etc. E vamos ainda juntar o facto de ter feito duas provas lesionado…

Pode haver fãs, e menos fãs, mas uma coisa todos têm de fazer, respeitar este grande senhor do Motocross, que está a deixar um registo impressionante, e é atualmente dos pilotos mais rápidos do mundo, com uma consistência e velocidade difícil de igualar, que caso não existisse um tal “holandês”, ficava no topo do mundo.

Mas esse Super-herói, tem agora a companhia de um outro, que parece vir de um planeta ainda mais evoluído, com poderes especiais novos! Correm “na mesma equipa” e tudo, mas Jeffrey Herlings vai fazer 24 anos, e já tem 79 vitórias em MXGP´s, e com este andamento, para o ano que vem já bateu o registo de Cairoli, e vai fazer cocegas aos números de Everts. Tem menos 9 anos que o #222, e um caminho que pode deixar um regista impensável! A única coisa que o deixa ainda longe, é no que respeita a títulos mundiais, pois “perdeu” dois anos com lesões, quando era indiscutivelmente o rei em MX2. Apesar disso, se este ano somar o seu 4º titulo mundial, é fácil imaginar que aos 30 anos tenha festejado 10 titulos, com algumas 180 vitórias ( ou mais ) em MXGP´s!
Quando vemos Herlings numa pista, imaginamos a pujança física do Carmichael, a técnica de um Everts, a inteligência de um Cairoli, e a agressividade de um James Stewart, tudo combinado para aquele que se arrisca a ser o melhor piloto de todos os tempos.

Nós temos a sorte, de poder ver estes dois gigantes a marcar uma história no MX, e imaginar, será que pode haver melhor?

Ethen Goggles

Equipa francesa sem Musquin no MX das Nações

Quizz – Stefan Everts