em

Basaúla renova título Nacional de SX

Lustosa foi o palco da última prova do Campeonato Nacional de Supercross, mais uma vez com um bom conjunto de pilotos à partida.

Basaúla estava em boa posição para se sagrar campeão, mas sabia que a oposição era forte e tinha de evitar erros. Com muito publico presente, o espetáculo estava garantido!

Nas classes mais jovens, Duarte Filipe foi o grande vencedor em Infantis A, seguido por Guilherme Alves e Duarte Pinto. O título ficou entregue a Duarte Pinto.
Em Infantis B, Sandro Lobo manteve a invencibilidade e completou assim um campeonato perfeito. O pódio ficou completo por Tomás Santos e Alba Lopez.

Em Iniciados Rúben Ferreira esteve em grande ritmo na Lustosa, com vitoria nas duas finais e respetivo titulo, com Fábio Costa e Afonso Gomes logo atrás.

Quantos às classes principais, Hugo Basaúla foi pela quarta vez o grande vencedor da Red Bull Flying Lap, batendo Paulo Alberto por 0.785 segundos. Adam Chatflied acabaria por ser o terceiro mais rápido.

Diogo Graça

Na primeira final, Paulo Alberto liderou a fase inicial da prova, até Hugo Basaúla saltar para a frente, com um ritmo forte a levar à primeira vitoria da noite, com 17 segundos de vantagem. Alberto ficou sozinho no segundo lugar, com Adam Chatfield a levar a melhor sobre Diogo Graça, sendo o piloto da Suzuki o melhor da classe SX2.
Luís Oliveira completou o top5, mas já com uma volta a mais que o vencedor, seguido por Renato Silva, Ricardo Freire, Óscar Fernandez, André Sérgio e Carlos Alberto.

Paulo Alberto

Paulo Alberto foi o grande dominador da segunda final, liderando todas as voltas para terminar com 5 segundos de avanço para Hugo Basaula, sendo Adam Chatfield o terceiro melhor. Diogo Graça voltou a ser o melhor de SX2 e quarto da geral, com Oliveira, Renato Silva, André Sérgio, Ricardo Freire, Óscar Fernandez e o regressado Hugo Santos, no Top10.

Vitória para Alberto com mesmo número de pontos que Basaúla, mas com o titulo a ir para o piloto da KTM, que somou assim o seu 5 Campeonato Nacional de Supercross Elite. Em SX2 foi Diogo Graça o grande campeão, terminando em terceiro da Elite, atrás de Paulo Alberto.

Fechou assim o Campeonato Nacional de Supercross 2018.

Fotos de Luis Duarte – FMP

Ethen Goggles

Hoje decide-se o título nacional de SX

MXGP Suiça – Vídeo Resumo