em

Basaúla e Freire vencem na Poutena

A segunda prova do Campeonato Nacional de Supercross teve lugar na Poutena, com uma grande moldura humana a fazer antever um grande espetáculo.

Com Paulo Alberto de fora, pois viajou para o Brasil para participar numa prova de Arenacross, era Adam Chatfield que regressava ao SX português, havendo também a presença de Pedro Carvalho.

Começando pelos mais novos, Duarte Pinto foi o grande vencedor em Infantis A, com Leonardo Gaio e Simão Severino nas posições seguintes.
Sandro Lobo continua a dominar em Infantis B, e Tomás Santos e Guilherme Esteves foram 2º e 3º.

Nos Iniciados a luta continua ao rubro. Ruben Ferreira foi novamente o vencedor, e Afonso Gomes ficou com o lugar intermedio do pódio, seguido por Igor Amorim. Fábio Costa venceu a primeira final, mas viria a abandonar na segunda.

Quanto às classes principais, a Red Bull Flying Lap teve novamente Hugo Basaúla como o piloto mais rápido, superando Adam Chatfield por 7 décimos de segundo. Diogo Graça foi o terceiro.

Ricardo Freire – Vencedor SX2

Na primeira final, Hugo Basaúla liderou todas as voltas, vencendo de forma tranquila, com Adam Chatfield em segundo. O britânico beneficiou do azar de Diogo Graça, que era segundo na ultima volta, mas partiu a corrente na derradeira curva, ficando assim com o 5º lugar. Nota para a grande corrida de Ricardo Freire, a ser o melhor de SX2 e terceiro da Elite, com André Sérgio logo atrás. Oscar Fernandez, Renato Silva, David Silva, Firmino Salazar e Elias Rodrigues fecharam os 10 melhores.

A derradeira final teve novamente Hugo Basaúla na frente durante toda a prova. O piloto da KTM esteve imparável, sendo Adam Chatfield novamente o segundo classificado. Chatfield teve maus arranques em ambas as mangas, animando a prova com espetaculares recuperações. Também de um mau arranque vinha Diogo Graça, terminando num positivo terceiro lugar, seguido por Ricardo Freire e Renato Silva.
André Sérgio foi o 6º, Oscar Fernandez 7º, Carlos Alberto, David Silva e Ricardo Aires completaram o Top10.

Basaúla é assim o novo líder isolado no campeonato, enquanto Ricardo Freire conquistou a primeira vitoria da sua carreira em SX2. Graça é segundo no Campeonato Elite, Renato Silva 3º, Ricardo Freire 4º e André Sérgio 5º. Estão assim 4 pilotos de SX2 no top5.

A próxima prova é já no próximo fim-de-semana em Fafe.

Ethen Goggles

MXGP da Bélgica – Vídeo das Qualificações

MXGP Bélgica – Vídeo Resumo