em

Adoro

A nata toda em Casais de São Quintino

Como habitual, o domingo de Páscoa é sinonimo de motocross em São Quintino, e este ano há muitos motivos para seguir esta prova.
Além dos habituais da temporada, com destaque para o líder do campeonato, Sandro Peixe, bem como Luis Outeiro, Diogo Graça, Luis Oliveira, Ricardo Freire, Ricardo Silva, entre outros, aparecem muitos nomes de relevo para juntar na lista de candidatos.

Hugo Basaúla venceu na Marinha das Ondas, e já confirmou que estará também em São Quintino. O 747 vem com o objetivo de vencer, num circuito onde sentiu maiores dificuldades no passado, sendo assim um desafio com interesse maior.

Outro dos grandes nomes é Rui Gonçalves. Depois da participação na Moçarria, RG aproveita a “folga” no MXGP para voltar a animar o nacional de mx. RG venceu aqui em 2002, na altura que se lançava em termos internacionais, e certamente terá vontade de animar esta prova.

Embora ainda a recuperar da lesão na mão, Paulo Alberto estará igualmente nesta prova, aproveitando para recuperar a boa forma, depois da longa paragem que a lesão provocou. Embora ainda longe do seu melhor, será sempre um candidato a vencer.

Correram ainda rumores que o campeão de 2018, Luis Correia, estaria também para alinhar, mas não temos qualquer confirmação sobre a sua presença.

Representa sem dúvida uma lista de candidatos como não há memória! Olhando para este grupo de pilotos, será fácil pensar que haverá 6 ou 7 nomes com possibilidade de vencer, estando garantido um grande espetáculo neste Domingo de Páscoa.

Ethen Goggles

O que poderá trazer a passagem de Paulo Gonçalves para a HERO?

Dirt Shark – 2019 Denver Supercross